Politique

Madem G-15 contra mexidas no Governo sem aval dos partidos que integram coligação governamental – FAAPA FR




Bissau, 28 Jan 22 (ANG) – O Movimento para Alternância Democrática (MADEM-G-15), uma das formações politicas que sustenta a actual coligação governamental, demarcou-se da nova remodelação no Governo, alegando que tal não deve acontecer antes da reunião da cimeira da Aliança que sustenta o executivo.

De acordo com uma carta desta formação politica derigida ao Chefe de governo à que a ANG teve acesso, datada de 26 do corrente mês, Madem G15 salienta que essa reunião serveria para as partes analisarem juntas as propostas das mexidas no executivo feitas pelo Presidente da República com a proposta do Primeiro-ministro.

“No passado dia 25 de Janeiro do ano 2022, o Chefe do Governo reuniu, no seu gabinete, com a Direcção do MADEM, representada pelo seu primeiro-vice Coordenador, Luis Oliveira Sanca e pelo seu Secretário-geral, Abel da Silva aos quais informou das intensões do Presidente da República de fazer uma mudança profunda no Governo”,lê-se no documento.

E na sequência dessa reunião, segundo a carta, Madem decidiu que não se deveria avançar com a referida remodelação sem antes, reunir a cimeira de Aliança que sustenta o Governo, uma vez que esta é composta por um acordo parlamentar com base alargada que inclui o Madem G15, o PRS, PND, uma parte dos deputados do APU-PDGB e do PAIGC, e dos candidatos as últimas eleições presidenciais, Carlos Gomes Júnior e José Mário Vaz.

No documento, Madem G-15 sustenta que, considerando a necessidade imperiosa de se preservar a paz social que o país tanto almeja e a necessidade de salvar a legislatura em curso esta formação politica solicita, com caracter de urgência, ao Primeiro-ministro a convocação da cimeira dos lideres desta Aliança para se debater sobre as propostas de remodelação.

A carta ainda refere que uma remodelação governamental fora desse quadro, não será caucionada pelo Madem G15 e consequentemente, carecerá de respaldo parlamentar desta formação politica na Assembleia Nacional Popular.

Os membros do governo nomeados em consequência da referida remodelação, tornada pública dia 26, pela Presidência da República foram, esta sexta-feira, empossados nas funções, numa cerimónia assitida pelo Primeiro-ministro, Nuno Nabiam.

Source link المصدر

زر الذهاب إلى الأعلى